Cobertura Brasil Game Cup 2017

A BGC: Brasil Game Cup teve sua primeira edição entre os dias 7 e 9 de Abril de 2017, no Rio de Janeiro.

Nosso querido amigo e colaborador Felipe Baptista ZeroChaos esteve no evento representando o Portal Nerdcore.

Confira abaixo sua opinião sobre o evento e algumas fotos!

Não deixe de conferir também sua participação no MeiaLuaCast especial sobre o evento, junto com nossos grandes amigos do Meia-Lua.
Vocês podem acessar o podcast clicando aqui no link ou pelo player abaixo! =)

 

Brasil Game Cup 2017

Há algumas semanas aconteceu a Brasil Game Cup aqui no Rio de Janeiro e estamos aqui para contar mais sobre esse evento que faz parte da Brasil Game Show.

Talvez você não saiba do que se trata a BGC, então antes de mais nada vamos falar como surgiu a Brasil Game Cup.

A Brasil Game Cup é um evento que existe desde 2014 criado pela mesma equipe responsável pela Brasil Game Show, a BGC é responsável pelos campeonatos que ocorrem na BGS, e a partir de 2017 além de tradicionalmente ocorrer dentro da própria BGS em São Paulo, também será realizada em outras cidades e a sua primeira parada nesse circuito é a cidade que recebeu a primeira edição da BGS o Rio de Janeiro.

Mesmo com o foco principal do evento sendo as finais de campeonatos, não faltou a área de exposições e Indie Meeting assim como na BGS, podemos até dizer que a estrutura base do evento foi como uma versão menor da própria BGS.

O evento gira em torno de seu campeonato como atração principal, porém entre o tempo vago de um campeonato e outro vale a pena visitar os stands expostos no evento, seja para fazer algumas compras, participar de sorteios, ganhar alguns brindes e até mesmo conhecer a área indie que sempre conta com jogos de variados gêneros podendo você conversar muitas das vezes com o próprio criador do jogo e saber até mais sobre como aquela fase foi criada, ainda o evento contou com uma área Free Play com diversos arcades para o público jogar e relembrar o tempo nos fliperamas em suas disputas ferrenhas para tirar as fichas dos seus desafiantes.

A feira aconteceu nos dias 7, 8 e 9 de Abril no Centro de Convenções Sulamérica no Rio de Janeiro, e já no primeiro dia começando com a Final do esperando campeonato de Overwatch que foi uma verdadeira surpresa quando foi anunciada que a final estaria no evento, e eu realmente espero que a Blizzard(<3) volte a estar presente nas próximas edições não só da BGC mas também da BGS!

A final muito disputada entre a Brasil Game House e a Keep Gaming foi de perder o folego em diversos momentos, mas no fim a BGH que chegou na final invicta levou a melhor na disputa e foi a grande vencedora do campeonato de Overwatch. E para encerrar o dia houve o Showmatch de Hearthstone com a disputa entre o #TeamBiscoito e o #TeamBolacha e os Jogadores usaram as cartas da nova expansão Jornada a Um’Goro, e no fim o #TeamBolacha saiu com a vitória.

No segundo dia de feira e mais lotado já iniciou com uma competição de Gang Beasts com a ilustre presença de: Totoro, Cezar Maracujá, Anderson Gaveta e Matheus Castro, e logo após essa divertida partida começou a tão esperada final de DOTA 2 entre a Midas Clube Elite e SG e-sports, nada menos que uma vitória esmagadora da SG e-sports com um 3 a 0 sobre a MCE e para fechar o dia a Cosplay Zone Kinoplex tomou conta com apresentações animadíssimas.

E no último dia de feira já começou com mais uma competição de Cosplay, mas o melhor do dia ficou para o final, a grande final de CS:GO entre a Ilha da Macacada Gaming e Keyd Stars uma disputa completamente acirrada entre as equipes e de muitas reviravoltas mas que no final com uma grande virada a taça ficou com a IDM.

Área Indie

Na área indie apesar de pequena contava com ótimos expositores com ótimos jogos e uma variedade de propostas interessantes, sendo alguns deles até já disponíveis para serem jogados e outros ainda em desenvolvimento e alguns com seus projetos para ainda entrar em kickstarter e arrecadar fundos.

Bad Merlin – Square 12: Um jogo Side scrolling aonde a história do rei Arthur é re-imaginada com o mago Merlin como o vilão, você terá como controlar não apenas o próprio Rei Arthur mas também a Rainha Guinevere. Disponível para Android e IOS.

SkyKing Um vertical Shoot‘em Up feito como uma releitura do clássico River Raid, apesar de possuir uma grande variedade de Naves para serem escolhidas o jogo também conta com um sistema de Upgrades o que permite que você deixe cada nave com seus características específicas. Disponível para Android.

New Wolrd The Tupis –Um jogo produzido por apenas uma pessoa, conta a história da tribo indígena Tupi no período de colonização a partir do ponto de vista dos nativos. Ainda em Desenvolvimento.

Dark Elf – Um jogo produzido apenas por uma pessoa, um jogo de Action RPG que conta a história de um planeta habitado por várias raças mágicas e que vivem em paz até que os seres humanos após esgotarem os recursos do planeta terra

Zaal Jinn – Um jogo Adventure de Ação com uma pegada Beat’em Up, não esperem um jogo relativamente fácil havia um desafio com um brinde para todos aqueles que terminassem a primeira fase do jogo e poucos conseguiram ganhar, essa dificuldade toda lembra bastante Dark Souls, vamos esperar e ver quando o jogo for lançado.

Rise of Foederati Um jogo que traz a proposta de um Massive Multiplayer Strategy combinado a um Real Time Strategy em que você se torna o líder de das várias tribos a sua escolha no jogo, baseado nos relatos históricos. Data prevista para lançamento em 2018 e em breve entrará no KickStarter para arrecadar fundos para possivelmente essa data ser antecipada.

Ederon – Um Trading Card Game com mescla de RPG, do pouco que eu joguei achei bastante interessante, vale a pena jogar. Já disponível no site e o jogo roda direto no navegador.

ByRobot – Um Stand que foi voltado para apresentação e vendas do Drone da própria empresa, um drone com uma variedade diversas de modificações, sendo possível o mesmo drone ser tanto para voo como para usar como um carrinho de controle remoto.


Considerações Finais

O evento apesar de ser em menor escala que a BGS não deixa a desejar em vários aspectos mas em outros poderia melhorar um pouco com coisas simples, no primeiro dia eu percebi que algumas pessoas tiveram dificuldades com o acesso ao local do evento simplesmente por falta de alguma orientação até mesmo para a entrada, talvez alguma sinalização indicando o local de entrada evitasse isso, após a entrada não havia nenhum problema e a entrada foi bem rápida, porém não houve nenhum problema interno no evento por mais que não tenha sido lotado em todos os dias, o local não se compara ao em que ocorre a BGS porém foi bem aproveitado. No geral o evento agradou muito e me surpreendeu bastante, aguardo algumas melhoras em futuras edições do evento e que venha a BGS!

Contatos do colaborador Felipe ZeroChaos Baptista

E-mail
Twitter
Instagram
Facebook

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s